Amigo Secreto | Blogs que Interagem

Hello, its me. Não? Tá! 
E ai gente eu estou participando do amigo secreto do grupo que eu AMO muito o Blogs que interagem eeee estou aqui para revelar quem eu tirei. 
Ela escreve cada coisa linda que eu fico de boca "abrida" (aberta) e esses dias eu estava analisando o blog dela pra escolher os 05 melhores posts e fiquei horas e horas babando.
Sim Lady Salieri é você mesmo, e eu queria dizer que eu amei ter tirado você.


Sobre esse post o que eu tenho pra falar é: 


Queria ter escrito essa postagem, descreveu tudo o que eu senti (e que muita gente também sentiu) sobre as tragédias de Mariana e na França.



Visão periférica

Gente, eu ri e não foi pouco não viiiiu? Eu nunca que daria um presente desses pra ninguém, meus amigos já me conhecem por ficarem corrigindo eles direto e se eu desse um livro desses, eles iam tirar sarro da minha cara kkk.


Uma das trágedias que mais comoveu o mundo creio eu que foi das crianças que fugiam com suas mães e pais da síria e gente essa imagem do menininho morto me fez chorar tanto, mas tanto e o poema no blog da Salierificou tão lindo que também fiquei emocionada.

"Dorme, menino.
Está sempre cada vez mais difícil estar acordado...
é velar tanto mais sonos como o seu
desde janelas minúsculas fechadas a cadeado."
Um trecho do poema 



Gente como assim? Passei a minha vida toda sendo enganada por esse vídeo? Por isso que é bom nós pesquisarmos as coisas antes de sair por ai compartilhando nos facebook's da vida



Ainda bem que eu li esse post e descobri a verdadeira autora *-*


Esse post é quase uma junção do outro (4°) muitas vezes a gente pega um texto na internet e repassa pros amigos, familiares e nem se importa de ver se é desse autor mesmo. Vamos ter um pouquinho d cuidado, né? 


Enfim é isso. Espero que você tenha gostado do meu presente Sali. Desejo a você um felliz natal e um ano novo melhor ainda *-* 
PS: Desculpa se eu errei algo rsrs

3 coisas que odeio nas redes sociais

Olá, tudo bem? ~sim eu andei um pouco sumida~

Esses dias eu estava procurando assuntos para falar aqui no blog e me veio a ideia de comentar coisas que eu odeio ver no Facebook, twitter, instagram e afins. 

1° Foto ou videos de gente morta ou animais sendo maltratados.

Eu odeio de coração quando eu abro o Facebook e eu vejo lá as pessoas compartilhando foto de gente morta sem aquela tarja preta, sabe? Me dá logo uma agonia, e penso logo na família o desrespeito do caralho com eles é muito triste pra mim, se fosse com algum ente querido meu eu tratava de levar pra justiça. 
Ou então de pessoas maltratando os animais, isso me dá um nojo, não sei se da pessoa que postou ou das que cometeram o tal ato. 
Ok, o Facebook é seu, mas você tem que ter pelo menos o minimo do ridículo, né?



2° Segue, sigo de volta

Comigo não acontece isso, amém? amém, mas quando eu entro em um insta de algum famoso que eu vou ver os comentários, MINHA NOSSA SENHORA DOS LIKES, você acha que vai ver algo legal, mas só ver "sdv" "curto as ultms fotos" "me segue, prfvr" AAAAAAAAHH, para que tá feio.



3° Briga por qualquer coisa

Confesso que essa parte eu até acho engraçado de tão ridículo que é kk!
Se você gosta de determinado famoso ai uma pessoa denominada hater comenta que não gosta e acha ele (a) um lixo ai você começa a bater boca com essa pessoa.
Se você gosta de algo e outra não gosta, batem boca. Seria mais fácil dizer que batem os dedos né?
Ultimamente está ficando muito chato entrar nas redes sociais, nós estamos estragando tudo ¬¬
Como o PC Siqueira mesmo falou em um dos seus videos "Saudades do orkut".


E vocês? Me contem ai nos comentários o que mais odeia nas redes sociais, se identificou com alguma coisa que eu falei? 


*Todas as imagens usadas nessa postagem foram retiradas do Google, se alguma é sua nos comunique através do e-mail: demiblanc1@gmail.com

#SaiPraLá - Melhor aplicativo de todos ♡

Não sei como começar esse post, só sei que eu preciso muito falar sobre esse app MARAVILHOSO.

Bom eu descobri esse aplicativo depois de ver uma noticia no Facebook (não lembro a página), dai eu fui dar mais algumas pesquisadas e acabei encontrando a PÁGINA OFICIAL com mais detalhes sobre o app #SaiPraLá. 


Esse aplicativo que permite que as mulheres mapeiem os assédios sofridos na rua foi criado pela estudante Catharina Dória, de 17 anos. Os assédios são dos tipos sonoros (buzinadas, beijinhos, gemidos), verbal (Delicia, gostosa, oh lá em casa), físicos e os não definidos.
 
Olha, eu baixei esse aplicativo dia 27/11 e quando eu vi os registros dos assédios fiquei chocada com tantos números. Ah, mais como que isso vai ajudar se só registra os assédios? Pois é, mas a Catharina quer levar esses números para as autoridades, mostrar pro mundo a quantidade de assédios e mudar esse quadro que está terrível e nós, mulheres podermos andar seguras no meio da rua, sem ter medo de ser estuprada, violentada ou coisa pior.

O aplicativo está disponível para IOS e Android, ela e seus amigos designs estão trabalhando para disponibilizar no Windows Phone ♡

Abaixo vocês podem ver um vídeo da autora falando sobre assedio. É simplesmente perfeito *-* 


6 on 6 - Lembranças


Oi gente, bom tema do projeto 6 on 6 desse mês é sobre lembranças e eu decidi trazer algumas fotos do meu melhor show EVER de todos os tempos.







Quando eu olho pra essas fotos eu fico lembrando desse dia e as cenas se repetem sempre na minha cabeça e o momento em que o Fernando pegou em minha mão. Meu Deus. Não tem show melhor.

Confiram o blog das garotas e garoto que participam também:

Vamos conversar sobre adoção

- Nossa, mas como assim você não quer ter um filho? Filho é a melhor coisa na vida de uma mulher!
- Imagina se sua mãe tivesse esse pensamento, você nunca tinha nascido.
- Tanta mulher querendo engravidar e não pode e você que pode não quer?
- Mas seu marido? você tem que pensar nele também não só em você?

Primeiro de tudo, PAREM COM ISSO, VOCÊS ESTÃO SENDO RIDÍCULOS. 

Desde muito nova minha vontade sempre foi adotar uma criança, eu nunca tive essa desejo de engravidar como todas as garotas da minha idade, sabe? Por mais que eu brincasse de casinha e afins nunca me senti a vontade com esse papo, mas eu nunca falei pra ninguém pois iam me chamar de louca rs.

O tempo foi passando e eu fui entrando mais a fundo nessa questão de maternidade e meu pensamento era sempre um "quero adotar", mas como sempre meu desejo era reprimido e eu era obrigada a imaginar como seria o meu bebê, como seria minha gestação, como meu corpo iria ficar, como eu iria ficar linda grávida, como meu corpo iria ficar depois da gestação. Genteeeee, como eu tinha agonia desse papo e ainda tenho vocês não tem noção. 
Para que tá feio

Foi quando eu quis estourar a boca do balão, falar mais falar mesmo do meu desejo de adotar uma criança, ai começou o papo dos diálogos do inicio desse texto, as pessoas sempre tentando falar alguma coisa contrária, mas o que me dá mais raiva é as pessoas falarem "Imagina se sua mãe tivesse esse pensamento, você nunca tinha nascido", não coloca minha mãe no meio e nem a vida de uma criança que nem viva ainda está e se eu fosse abandonada pela minha família com certeza iria querer ser adotada, tá? 




"Mas Denise se de repente você engravidar sem planejamento?" Daí é outra história, claro que levarei adiante a gestação né? Só abortaria se fosse casos muitos sérios, correndo risco de vida para o bebê ou sei lá alguma outra coisa. 

Eu tenho 20 anos de idade e é claro que com o tempo nossas ideias vão amadurecendo e eu não descarto a possibilidade de um dia, em um futuro beeeem distante gerar uma criança dentro de mim, mas é responsabilidade demais olha só que forte sentir que tem um serzinho sendo formado dentro de você. Estou mais preparada pra adotar uma criança do que ter. É uma vontade minha sabe e eu acho muito chato quando alguém vem reprimir meu sonho, seu que tem muitas mulheres que pensam como eu. 

Existe milhares de crianças querendo um lar, uma familia pra chamar de sua, ser amada, paparicada não custa nada pensar antes de colocar mais um ser no mundo sendo que já tem milhares por ai querendo pelo menos um pouco de atenção. Vamos pensar por esse lado então? Tudo bem, se quiser gerar um filho. Tudo bem também não querer gerar um isso não vai te fazer mais ou menos mulher. 

ADOTE <3

Obrigada por ter lido até aqui, um grande beijo pra você e obrigada pelo carinho *-*



#BlogagemColetiva: Meus filmes nacionais preferidos

Vai ter lista dos melhores filmes nacionais sim e se reclamar vai ter duas!

Esse mês de novembro é na verdade comemorado o aniversário da primeira exibição pública de cinema. Dia do cinema é comemorado dia 19 de junho.

Então mês passado eu estava pensando em fazer um post de filmes brasileiros que já assisti ai esse mês o blogs que interagem  sugere o tema que eu queria tanto falar aqui no blog, claro que eu escolhi esse né?
Vamos então aos melhores:

1°O auto da Compadecida



Sinopse: As aventuras dos nordestinos João Grilo (Matheus Natchergaele), um sertanejo pobre e mentiroso, e Chicó (Selton Mello), o mais covarde dos homens. Ambos lutam pelo pão de cada dia e atravessam por vários episódios enganando a todos do pequeno vilarejo de Taperoá, no sertão da Paraíba. A salvação da dupla acontece com a aparição da Nossa Senhora (Fernanda Montenegro). Adaptação da obra de Ariano Suassuna.

2° Lisbela e o Prisioneiro



Sinopse: Lisbela (Débora Falabella) é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu (Selton Mello) é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador (Marco Nanini) que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa (Virginia Cavendish).

3° Boa Sorte




Sinopse: Após uma série de problemas comportamentais, o adolescente João (João Pedro Zappa) é internado pela família em uma clínica psiquiátrica. No local ele conhece Judite (Deborah Secco), também paciente, por quem logo se apaixona. Ela não tem muito tempo de vida e ambos sabem disto, o que não impede que iniciem um intenso romance.

4° Romance



Sinopse: Romance é a história de amor de um casal de atores que vive na agitada e conturbada cidade de São Paulo. Ana e Pedro encenam uma adaptação de O Romance de Tristão e Isolda para o teatro, e as cenas de amor e discussões sobre a paixão são o pano de fundo desta relação. O romance entre os dois vai bem até a chegada de Danilo, produtor de TV, que convida Ana para atuar em novelas. O sucesso da atriz é inevitável, provocando ciúmes e incompreensão por parte de Pedro, que passa a desconfiar de Ana.

5° O anos em que meus pais saíram de férias




Sinopse:  Mauro (Michel Joelsas) é um garoto mineiro de 12 anos, que adora futebol e jogo de botão. Um dia, sua vida muda completamente, já que seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente para ele. Na verdade, os pais de Mauro foram obrigados a fugir da perseguição política, tendo que deixá-lo com o avô paterno (Paulo Autran). Porém o avô enfrenta problemas, o que faz com que Mauro tenha que ficar com Shlomo (Germano Haiut), um velho judeu solitário que é vizinho do avô de Mauro. 

6° S.O.S Mulheres ao mar




Sinopse: Desiludida com o fim de seu casamento, Adriana (Giovanna Antonelli) decide reconquistar o ex-marido Eduardo (Marcelo Airoldi), embarcando no mesmo cruzeiro onde ele está com a nova namorada, uma estrela de novelas. Adriana leva no navio a irmã, Luiza (Fabíula Nascimento) e a empregada, Dialinda (Thalita Carauta). Essas três mulheres acabam descobrindo caminhos novos e surpreendentes para suas vidas.


Fiz uma lista enorme, mas né? Nã dá pra colocar todos, bem que eu queria. Pra mim esses são os melhores, e os seus? Me diga ai nos comentários (:

Cantilenas..

Ouvi diversas letras e rimas perfeitas de canções
Algumas que me fazem voar longe e me levarem para fora de mim
Outras me trazem a bela fantasia, movem minha inventividade
Entre tantos e tantos compositores...
Aprendi com Fernando Anitelli que '' Teu sorriso eu vou deixar na estante, pra eu ter um dia melhor''.
Com o Cícero para te convidar e dizer.'' Mas fica um pouco mais que tal mais um café? Ainda lembra disso? Quem bom.
E com tantas e tantas palavras me esqueci de se apresentar '' Muito prazer me chamam de otário'' como assim diria Humberto Gessinger.
Tenho comigo também incertezas e sei'' Quem nada sei dessa vida sigo sem saber nunca soube nada saberei.'' Como mencionaria Paula Toller.
Tenho minhas inquietudes e tenho cá para nós que ''Quem é mais sentimental que eu?'' como assim diria na música dos Los Hermanos.
''Só sofro com toda a força do mundo porque amo com a intensidade de um cometa''. Nando Reis
''Sempre precisei de um pouco de atenção'' como assim diria Renato Russo. 
Mas como falaria Caju ''Nada nesse mundo é nunca mais...'' 
E com Maria Gadú '' Fui perdendo a pose e até sorri, feliz.

- Aline Cruz



3 bandas natalenses que você precisa conhecer

Olá pessoas, tudo bem com vocês? Espero que sim :D
Vocês precisam urgentemente conhecer essas bandas daqui de Natal, cada um mais foda que o outro. Até por que nem só de forro que nós vivemos ok? ok!

1º Plutão Já Foi Planeta

Clique na imagem pra conhecer a página do Facebook

Plutão deixou de ser planteta e virou uma banda de indie/Rock, formada por Natália Noronha, Sapulha Campos, Gustavo Arruda, Vitória de Santi e Khalil Oliveira. Eles encantam qualquer pessoa com suas letras. Conheci essa banda por um amigo meu e fiquei apaixonada creio que você também ficará.

Confere as músicas:



   

2ºAndroide Sem Par



Imagina você de boas assistindo o show de plutão, se distrai um pouco e escuta uma música diferente quando você olha um cara de cabelo vermelho tá lá cantando e pulando. Foi o que aconteceu comigo e assim que cheguei em casa fui pesquisar a banda e tudo e me viciei nas músicas.
A banda é formada por Juão Nin, Emerson Martins, Marcus Dutra e Samuel Bueno, as composições são de derreter o coração.



3º Forasteiro Só


Aquelas músicas que você escuta e diz "C-A-R-A-L-H-O como eu nunca tinha conhecido essa música antes?" Pois é, essa banda é assim mesmo. Formada por Lipe Tavares, Diego Bezerra, Gustavo Leitão e Telo eles vão encantar a todos e fará você dançar com seu rock. Gente e esses sorrisos lindos? Tô apaixonada <3



Editado dia 20/12/2015 , às 14:07

Blogagem coletiva - Minhas atuais séries favoritas

Começo esse post falando que "MEU BLOG TÁ VOLTANDO A PROGRAMAÇÃO NORMAL UHUHUHUH". Sério estou aos poucos voltando a postar pois terei mais tempo livre,
Eu participo de um grupo no Facebook chamado Blogs que interagem e todo são selecionados quatro temas que fica a seu critério e eu como podem ver escolhi falar das séries que eu assisto no momento e que são minhas favoritas.

Entrando em um site e outro, conversando com os amigos e tal a gente sempre entra no assunto séries e as pessoas sempre me recomendando várias pra eu assistir né?

E no momento estou viciada em 3° séries:

1º Sobrenatural:

Uma amiga minha no curso vivia falando dessa série, eu até já tinha assistido alguns episódios no SBT, mas ela falava tanto dessa série que resolvi assistir. E quem disse que eu consegui parar? Em um dia assisti dez episódios.
A história claro gira em torno dos irmãos gatos, lindos, gostosos Winchesters lutando contra toda força do mal. Muitas pessoas falam que deveria ter acabado na 5° temporada só porque mudou um pouquinho o foco, mas eu acho que não. Por mim pode ter mil temporadas que eu não me cansarei de assistir. 



2° Jane the virgin:

Essa série. Essa. Série. Eu me bolava de rir quando assistia, me emocionava criava raiva da Jane, tudo junto e misturado e eu tô muuuuito ansiosa pra sair a segunda temporada meu DEEEEUSS. Vale muito a pena assistir.



3° Awkward:

Sabe a época da escola em que você sofria bullying pelas populares da escola e C&A, era apaixonada por alguém que não estava nem ai pra você e suas BFF'S que viviam grudadas com você e sabia praticamente da sua vida toda? Pois é, essa série trata praticamente disso. Só que a vida de Jenna vira de ponta a cabeça depois de um acidente um tanto quanto inusitado e o pessoal fica achando que ela tentou suicídio. A partir dai já viu, né?


Essas são as séries que eu estou viciada no momento, e as suas quais são? Conta pra nós :)

6 on 6 - Outubro rosa

Gente que saudades que eu estava de postar fotos para o projeto, finalmente voltei e pretendo postar com certa frequência aqui. Bom, mas vamos lá o projeto desse mês tem com o tema "outubro rosa" e como a maioria sabe é o mês da campanha de prevenção contra o câncer de mama.
Enfim sem mais delongar confiram as fotênhas <3 

Sim, essa bonequinha sou eu *-*







Confiram o blog das garotas que participam também:

Violette Leduc

Boa noite pessoas..
Resolvi compartilhar com vocês uma mente brilhante a quem reli agora a apouco.

Violette leduc 


A  inspiradora Violette leduc dedico aqui um pouco de suas belas palavras e junções de letrinhas cativantes.

''Miragens idênticas da presença e da ausência''. A ausência é um suplicio: a angustiante espera de uma presença. A presença é um intermediário entre duas ausências, um martírio.  



OBS: Trecho do prefácio do livro A BASTARDA, de Violette Leduc, Simone de Beauvoir 1964

Como estou aprendendo inglês sozinha

Hey guys, how are you? 
É normal alguém querer aprender outro idioma não é? E muita gente não tem como pagar cursinho de inglês, espanhol ou seja lá o idioma que você deseja aprender, e com certeza muita gente saiu da escola sem aprender o verbo to be direito (começando por mim), por isso que hoje eu vim aqui falar de como euzinha aqui estou aprendendo não só o inglês, mas também Italiano (amo/sou Itália) 

1° Assistindo séries/filmes legendado
Melhor Série EVER *-*

Sim, muita gente reclama de filmes legendados ou séries eu também reclamava até que um dia eu resolvi assistir tudo no idioma original e por uma legenda no meio (estraga prazeres)

2° Entrar em sites de conversação 

Esses dias estava no youtube procurando algumas dicas de inglês quando paro em um vídeo de uma garota falando sobre o WeSpeke um site de conversação e resolvi entrar nesse tal site e é muito bom gente, eu recomendo sério mesmo, já fiz algumas amizades, algumas pessoas pedem até pra falar em portuguÊs comigo, pois eles querem treinar também hihi <3 *-* 
Conversando com os gringos


3° Google Tradutor

Sim, isso mesmo você não leu errado. Quando eu tenho alguma dúvida em alguma palavra ou frase eu entro no Google tradutor e traduzo, ah eu também uso o tradutor pra falar com as pessoas no WeSpeke haha, é uma ótima ferramenta, 

4° Dicionario online 

Na época de escola eu tinha um dicionario Português-Inglês-Português só que eu não sei onde que danado ele foi parar então eu aderi a um online já que eu vivo direto na internet.



Mas agor me digam vocês, como vocês praticam outro idioma? Deixe sua dica aqui nos comentários (:


Guarde essas lágrimas

Recebi essa mensagem no meu inbox quando eu estava muito mal (sentimentalmente falando) e decidi compartilhar com vocês.


Guarde estas lágrimas menina, você ainda vai precisar delas. Estes olhos tão intensos não merecem viver marejados assim. Olha, para ser bem sincero, muita coisa ainda está por vir. Guarde as lágrimas para as dores inevitáveis. Aquelas intensas e definitivas. Guarde-as para as pessoas e os momentos que as merecem. Para o seu parto, onde elas cairão em um misto de dor e emoção. Para o velório dos seus pais, onde terá que se despedir de uma parte de você. Para quando seu melhor amigo tiver que ir morar longe ou para abraçar aquele parente quando ele adoecer. Para dizer adeus ao seu animal de estimação. Poupe-as também para os momentos de felicidade. Para o aniversário de quinze anos da sua filha ou para quando o seu filho caçula terminar a faculdade. Quando receber o seu anel de noivado. Quando o seu marido te surpreender com flores no final daquele dia difícil. Quando seu netinho conseguir dizer vovó pela primeira vez. Para dizer bem a verdade, você ainda vai chorar bastante. Tomara que a maioria seja por emoção e não por dor. Não se entregue a coisas tão pequenas assim. Determinadas situações não merecem nem mesmo a sua tristeza. Existe muita vida ainda pela frente e talvez você não tenha chegado nem a metade do caminho. Tomara que não. Desejo que você tenha sempre mais saudade do que arrependimento, mais lembranças do que frustrações, mais sede de viver do que medo das consequências, mais água salgada molhando os seus pés do que escorrendo pelos olhos. As lágrimas vão cair, inevitavelmente. Mas a roda da vida vai te ensinar a escolher quem as merece. Seria um pecado deixar um sorriso como o seu viver trancafiado assim. Solte os cabelos, feche os olhos, respire fundo. Não é um vendaval, é só uma brisa.

-Artista desconhecido 

Life

A vida sem freio
Falo da vida com um tanto de sarcasmo
Às vezes é ela quem diz coisas 
Coisas que nem sei
E em outras, só eu que vagueio nela de forma simples

Vem e me leva, arrasta
Tudo muda e mudará
A dor
A quem  for
A flor
A cor
A alma
Acalma


Tudo eternamente serena lava Minha alma 

Eu sei, mas não devia

Bom dia pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim.
Hoje resolvi dar um enfoque no texto da MARINA COLASANTI. Um texto super bacana, espero que gostem. 



Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.


A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor. E, porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E, porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas. E, porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E, à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.

A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora. A tomar o café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E, aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E, aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E, não acreditando nas negociações de paz, aceita ler todo dia da guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto. 

A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o de que necessita. E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagar mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes. A abrir as revistas e ver anúncios. A ligar a televisão e assistir a comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos.

A gente se acostuma à poluição. Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam na luz natural. Às bactérias da água potável. À contaminação da água do mar. À lenta morte dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinho, a não ter galo de madrugada, a temer a hidrofobia dos cães, a não colher fruta no pé, a não ter sequer uma planta.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se de faca e baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que, gasta de tanto acostumar, se perde de si mesma.

Há tempos

Há tempos que não me sentia assim, em volta de tantas pessoas, porém aquele sentimento de solidão que me acompanha pelo decorrer do dia, me fazendo lembrar que nessa vida só tenho a mim mesmo. Hoje fulano está do seu lado, amanhã não, e assim a vida que segue vivendo e aprendendo que não devemos esperar por alguém, não devemos pensar  que somos bons apenas juntos, claro que quando não está só tudo se torna mais fácil, mas a diferença parte de cada um, você é tão bom sozinho quanto acompanhado.

- Débora Albuquerque


3 instas para seguir e perseguir

Esses dias estava olhando o instagram e decidi abrir um novo tópico aqui no blog. 
Irei indicar os melhores instas que eu sigo e tento me inspirar e vou te contar, viu ? AMO OS QUE IREI INDICAR HOJE.



Botelho (@gentinhadoceu), sabe ser linda e as fotos dessa muie são incríveis, vale MUUUITO a pena segui-lá, confiram o insta dela.


Um instagram que também posta fotos incriveis é o @parededevidro , os adms escolhem as melhores fotos, fazem concurso pro pessoal tirar suas próprias fotos e o pessoal são muitos criativos, confiram as fotos deles.


AHHH, esse último insta é um pouco diferente dos dois primeiros.. Sabe quando você econtra um gatinho na rua e quer tirar foto dele pra guardar (vai que você não encontra ele de novo né?),  você pode enviar essas fotos para o @euflagrei eles postam fotos dos seguidores e a gente aprecia com moderação  de todos os cantos do Brasil (e fora dele também ora, pois).
Esse menino da foto, por exemplo, é daqui de Natal/RN <3


E ai, o que acharam dos instas? Me digam ai nos comentários :P

Dia...

dia
Aquele dia que parece que tudo está dando errado pra você. Aquele dia que no seu início te enganou fazendo você acreditar que tudo seria perfeito. 

Dia esse que até o motorista daquele ônibus que você pega para na sua frente, mesmo dia que sua caneta faz o favor de estourar no seu bolso deixando você com a roupa suja. 

Aquele dia em que você simplesmente não quer ver ninguém, até mesmo o vento incomoda. Ai você se pergunta "Mais que dia hein?" 

Só que o problema não é do dia, da caneta, das pessoas, o problema é você que ultimamente não está nem suportando sua respiração.



Autoria: Débora Albuquerque

P&B - projeto 6 on 6

Oi genteeeeeeeee, tudo bem com vocês? como vocês sabem eu estou participando de um projeto chamado 6 on 6 onde nós postamos 6 fotos com o tema escolhido por nós durante o mês e o tema de hoje é Preto e Branco.

Vamos conferir as fotos? 

Lembrando que eu não sou nenhuma expert em fotografias e edições ◕‿◕


Quando eu morrer, que seja em Ponta Negra, por favor. 
Ou quem sabe na Via Costeira de mãos dadas com meu amor (Sarah Figueirado)


Ainda estou confuso só que agora é diferente (Quase sem querer versão Maria Gadú)


Veio de manhã molhar os pés na  primeira onda, abriu os braços devagar e se entregou ao vento... (O Teatro Mágico)


Livro "um sorriso ou dois - Federico Elboni"


('-')

Como que eu poderia esquecer a foto do melhor show que eu fui? Teatro Mágico 24/05 (eu ali no cantinho perto do Fernando *-*)


Blogs participantes:

Luana Andrade -Blog Luana Andrade

Amanda Pamplona - A garota que coleciona sonhos

Caroline Machado - Sweet Caroline

Kellen Loyla - Kellen Loyola

Larisse Maciel - Larisse Maciel 

Olhar de sol

Na janela de sonhos vejo meu amanhã irradiando como o sol e sendo seguido de uma tempestade que acompanhada de nuvens carregadas de ódio e rancor alaga tudo, me impedindo de seguir em frente. 


Querendo que eu desista dele, querendo que o meu amanhã seja um lixo, mas eu digo não pra essa tempestade. Permito que ela passe,  para que eu possa recomeçar do zero..  


Vejo o sol nascendo de novo e acredito que o meu amanhã será como eu planejei ao deitar a na minha cama de madrugada. 



Roteiro de cinema

Aqui estou eu dentro do ônibus, e me vejo entre tanta gente conversando coisas  aleatórias, uns falam dos assaltos que vem ocorrendo, outras falam sobre sua vida, sobre a patroa que acha que ela tá errada no serviço, outras apenas mexem no celular conversando com seus amigos via whatsapp ou olhando o facebook pela milésima vez..
  
E eu? Bom, eu gosto de ficar narrando os acontecimentos dentro da minha cabeça, criando histórias para os outros enquanto um desabafa que sua vida pessoal está ruim, já começo a montar o roteiro dele pra criar meu próprio filme. 

Sempre gostei de escutar e observar o que as pessoas tem a declarar, o fato é que elas reclamam mais que agradecem e isso faz com que o meu roteiro de cinema tem mais comédia dramática que lição de vida..  

- Denise Amaro


imagem: Roteiro de fuga